fbpx

Como ├ę que se faz um take away? Guia passo a passo

Hoje existem v├írias op├ž├Áes que nos permitem desfrutar de refei├ž├Áes takeaway em um espa├žo diferente do tradicional. Esta tend├¬ncia surgiu como uma alternativa para fazer face ao ritmo de vida que mantemos.

Provar um prato bem feito com ingredientes frescos e sabor imbat├şvel j├í n├úo ├ę uma atividade exclusiva de bares, caf├ęs e restaurantes, dando lugar a novos modelos de neg├│cio.

Estes novos espa├žos na ind├║stria da alimenta├ž├úo oferecem servi├žos de qualidade para grandes e pequenos consumidores, proporcionando um servi├žo ideal que cobre completamente as necessidades dos clientes.

Um desses servi├žos em tend├¬ncia s├úo os conhecidos restaurantes take away, ou seja, aqueles restaurantes que se baseiam na oferta de grandes banquetes para levar para casa, escrit├│rio, parques, ou para onde o consumidor desejar.

Retirar: conceito antigo, mas renovado

Take away: Concepto viejo, pero renovado

O conceito de take away ou comida para levar ├ę novo devido ├á forma como o servi├žo ├ę prestado. No entanto, sempre existiram restaurantes que oferecem servi├žo de take away (pizzarias, sorveterias e padarias, etc.).

Em que diferem do conceito atual? Na maioria dos restaurantes take away, a comida foi preparada com antecedência, por isso está pronta para levar.

Tamb├ęm ├ę poss├şvel criar um take away com pequenos pratos, m├íquinas ou cozinhas que permitam a prepara├ž├úo de alimentos como hamb├║rgueres, frangos assados e pizza.

Regras básicas de um take away

Normas básicas de un take away

Existem regulamentos que devem ser cumpridos a fim de se criar um take away , como a autoriza├ž├úo sanit├íria e as licen├žas de planejamento urbano.

Como indicado no Decreto Real 191/2011, de 18 de Fevereiro, que regulamenta o Registo Geral de Sa├║de dos Alimentos, s├úo necess├írias licen├žas de higiene e sa├║de para a prepara├ž├úo, distribui├ž├úo e venda de alimentos.

Isto estabelece claramente que qualquer pessoa que pretenda iniciar um neg├│cio de take away deve informar sua inten├ž├úo ├á Comunidade Aut├│noma da sua localidade para obter a licen├ža sanit├íria.

No que respeita ├ás licen├žas de urbanismo, ├ę necess├íria uma licen├ža emitida pela c├ómara municipal da cidade onde a empresa vai ser exercida.

Ao solicitar a licen├ža, deve ter em conta os seguintes requisitos:

  • Dispor de instala├ž├Áes que tenham contem com objetos de preven├ž├úo de acidentes.
  • Obtenha informa├ž├Áes sobre os requisitos exigidos pela lei para iniciar o seu neg├│cio de take away. Lembre-se que as leis variam de acordo com o local onde voc├¬ estabelece o seu neg├│cio.

Tamb├ęm importante considerar aspectos como o nome, o estilo e os canais de divulga├ž├úo, propostas que dar├úo valor agragado ao seu neg├│cio.

O nome deve ser marcante e original, o que ir├í cativar os clientes e servir como carta de apresenta├ž├úo dos servi├žos e produtos que ir├í oferecer.

Outro aspecto de grande interesse ├ę o estilo, que representar├í o pormenor que marcar├í a diferen├ža em rela├ž├úo ao seu concurso.

Desenvolver a est├ętica e o design da sua apresenta├ž├úo ├ę fundamental para o seu neg├│cio.

Quanto aos canais de difusão para os take away, o Registo de Marcas e Patentes deve ser efectuado, o que garantirá a disponibilidade da sua marca.

Uma vez tudo pronto, ├ę importante come├žar a comunicar e a promover o seu neg├│cio no ambiente digital, especialmente atrav├ęs das redes sociais.

Take away: infra-estrutura f├şsica

Take away: Infraestructura f├şsica

A infra-estrutura deste tipo de neg├│cio tem import├óncia t├ęcnica e urbana, contemplada pelas normas comunit├írias e municipais.

A ├írea t├ęcnica tem uma s├ęrie de requisitos que devem ser cumpridos para manter as condi├ž├Áes de adequa├ž├úo do espa├žo onde os clientes ser├úo servidos. Entre eles podemos mencionar:

  • Oferecer acessibilidade para desfrutar de um espa├žo acolhedor que permita, mesmo a pessoas com defici├¬ncia, desenvolver-se sem inconvenientes ou restri├ž├Áes de passagem.
  • Cumprir as normas de inc├¬ndios, dispor de extintores de inc├¬ndio e de sinaliza├ž├úo adequada que indique as sa├şdas de evacua├ž├úo em caso de emerg├¬ncia.
  • Ter sistemas de ventila├ž├úo e ar condicionado independentes que tenham comunica├ž├úo com o exterior.
  • Ter uma instala├ž├úo el├ęctrica adequada.
  • Ter um espa├žo de WC para clientes e trabalhadores.

No que respeita ├á ├írea de desenvolvimento urbano, ├ę importante notar que n├úo ├ę poss├şvel criar um take away num espa├žo destinado ├á resid├¬ncia.

O espa├žo indicado para este tipo de neg├│cio deve ser para uso comercial e todos os trabalhos previstos devem ser realizados em conformidade com a regulamenta├ž├úo municipal, garantindo a legalidade na gest├úo.

Licen├ža necess├íria para abrir um neg├│cio de take away

Licencia necesaria para abrir negocio take away

A licen├ža n├úo ├ę necess├íria se as instala├ž├Áes se destinarem exclusivamente ├á compra de alimentos para levar, no entanto, devem ser realizados alguns procedimentos de planejamento urbano para a atividade. Nomeadamente:

  • Contacte um t├ęcnico para inspecionar as instala├ž├Áes. Esta visita deve ser agendada antes da assinatura do contrato de loca├ž├úo ou de compra e venda, a fim de avaliar a viabilidade das instala├ž├Áes.
  • Se as instala├ž├Áes em avalia├ž├úo n├úo forem vi├íveis, recomenda-se que se procure o local adequado para este tipo de neg├│cio.
  • Uma vez realizada a avalia├ž├úo, o projeto deve ser preparado e deve ter em conta poss├şveis modifica├ž├Áes no local.
  • Recomenda-se a realiza├ž├úo do projeto antes de iniciar quaisquer modifica├ž├Áes dentro das instala├ž├Áes. Isto porque nem todas as altera├ž├Áes s├úo permitidas ou legais.
  • Outro aspecto de interesse, no que diz respeito ├ás altera├ž├Áes no interior das instala├ž├Áes, ├ę que os trabalhos a realizar se destinam a obras de remodela├ž├úo ou a obras menores.
  • Se os trabalhos afetarem a fachada ou a estrutura de um edif├şcio protegido, deve ser elaborado um projeto de constru├ž├úo, que ser├í processado atrav├ęs de uma licen├ža que normalmente envolve per├şodos de tempo mais longos.

H├í duas condi├ž├Áes que limitam a conformidade das reformas dentro das instala├ž├Áes: uma delas indica que se o procedimento for realizado com comunica├ž├úo pr├ęvia ap├│s 15 dias, os trabalhos de adapta├ž├úo podem ser iniciados.

Se este processo for realizado atrav├ęs da licen├ža, ├ę necess├írio aguardar que o conselho local conceda a autoriza├ž├úo. Este procedimento pode demorar dias ou meses.

Para iniciar a atividade nas instala├ž├Áes, ├ę necess├írio apresentar a documenta├ž├úo necess├íria que demonstre que as altera├ž├Áes nas instala├ž├Áes foram conclu├şdas de forma satisfat├│ria.

Legisla├ž├úo que rege o neg├│cio

Legislaci├│n que rige el negocio

A legisla├ž├úo que rege o neg├│cio de take away baseia-se na regulamenta├ž├úo do com├ęrcio varejista de produtos alimentares.

Estas regras s├úo espec├şficas para o tipo de alimentos vendidos na empresa.

Entre os regulamentos que devem ser cumpridos pelas empresas estão

  • Regulamento (CE) n.┬║ 852/2004 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 29 de Abril de 2004, relativo ├á higiene dos g├¬neros aliment├şcios. Este regulamento estabelece que todos os trabalhadores que entrem em contacto com alimentos devem possuir uma licen├ža de manipulador de alimentos.
  • Decreto Real 1376/2003 de 7 de Novembro de 2003 relativo ├ás condi├ž├Áes sanit├írias de produ├ž├úo, armazenagem e comercializa├ž├úo de carne fresca e seus derivados nos estabelecimentos de com├ęrcio a retalho. O neg├│cio de take away que fabrica e vende algum tipo de carne deve cumprir as condi├ž├Áes do decreto acima referido.
  • Decreto Real 191/2011, de 18 de Fevereiro, sobre o Registo Geral de Sa├║de das Empresas Alimentares e Agr├şcolas. Este regulamento estabelece que as empresas que devem registar-se no Registo de Sa├║de, no entanto, se a sua empresa for um take away , n├úo ├ę necess├írio, a menos que os alimentos sejam preparados no ambiente industrial.

O passo de que ningu├ęm lhe fala

El paso para abrir un negocio de take away que nadie te cuenta

Quando falamos da ideia de iniciar um neg├│cio no sector da restaura├ž├úo e de criar um take away , muitas pessoas franzem o cenho e perguntam se ser├í realmente uma boa ideia.

Isto deve-se ├á falta de conhecimento sobre a rentabilidade da empresa, mas o conhecimento limitado do setor n├úo para por a├ş. Muitos ir├úo aconselh├í-lo, mas poucos, se ├ę que h├í algum, ir├úo falar consigo sobre a import├óncia de ter um fornecedor como o Monouso.

Na Monouso, a nossa loja virtual, encontrar├í tudo o que precisa para facilitar a abertura do seu take away, proporcionando ao seu cliente o conforto e a qualidade que a sua loi├ža exige.

Pratos, copos, talheres, recipientes para viagem, caixas de papelão para diferentes tipos de alimentos ou papel vegetal são alguns dos produtos que encontrará na nossa loja.

Al├ęm disso, temos tamb├ęm uma grande variedade de guardanapos, toalhas de mesa, sacos de pl├ístico, caixas de armazenamento, vestu├írio de hotelaria e qualquer produto que necessite para abrir as portas do seu restaurante.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endere├žo de correio electr├│nico n├úo ser├í publicado.

INFORMAÇÃO BÁSICA SOBRE PROTECÇÃO DE DADOS

Finalidade: Gestionar las solicitudes realizadas a trav├ęs del sitio web, enviar comunicaciones comerciales y, en su caso, compras en l├şnea.

Direitos: Acceso a, Correcci├│n, cancelaci├│n, oposici├│n y otros derechos como se explica en la ÔÇťInformaci├│n adicionalÔÇŁ.

Destinatários: Los datos sólo se transmiten a los proveedores que tienen una relación contractual con Monouso.

Legitima├ž├úo: Consentimiento del interesado.

Responsável: Envalia Group, S.L.

Informa├ž├úo adicional: You can find additional information on data protection in our privacy policy

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.